Especialidades

Periodontia é a ciência que estuda e trata as doenças do sistema de implantação e suporte dos dentes. Este aparelho é formado por osso alveolar, ligamento periodontal e cemento. As alterações patológicas do periodonto são chamadas doenças periodontais, como, placa bacteriana, gengivite, periodontite.

A função do periodonto é a inserção do dente ao tecido ósseo dos maxilares e conservar a superfí­cie da mucosa mastigatória da cavidade bucal. O periodonto também é chamado de aparato de inserção ou de tecido suporte do dente e estabelece uma unidade funcional biológica e evolutiva que sofre modificações com a idade e com relação às modificações do meio bucal.

Odontologia estética é o ramo da odontologia que atua na área da cosmética e restauração dental. Entre outros serviços, os profissionais desta especialidade tratam de clareamentos dos dentes, uso de resinas diretas, peeling gengival, facetas e restaurações estéticas.

O seu principal foco é a estética, ainda que a restauração de dentes também seja uma medida importante para a saúde individual, já que a permanência de cáries pode causar problemas a vá¡rios ní­veis, além de criar problemas na mastigação dos alimentos.

Pesquisa os vá¡rios tipos de preparações dentárias, a relação dos materiais restauradores com a estrutura dentária e o resto do organismo, técnicas restauradoras, etc. Tornando possí­vel ao cirurgião-dentista restaurar de forma direta ou indireta a estética e a função dos dentes comprometidos.

A Ortodontia é a especialidade da Odontologia relacionada ao estudo, prevenção e tratamento dos problemas de crescimento, desenvolvimento e amadurecimento da face, dos arcos dentários e da oclusão, ou seja, disfunções dento-faciais.

A ortodontia pode ser dividida em ortodontia fixa (com bráquetes e bandas coladas aos dentes) e removí­vel (aparelhos removí­veis). No adulto, quando as bases ósseas estão muito discrepantes, indica-se a cirurgia ortognática. Na criança em desenvolvimento estas discrepâncias podem ser tratadas com aparelhos fixos e em alguns casos com aparelhos ortopédicos.

Problemas ortodônticos mais brandos podem ser tratados por um cirurgião-dentista não-especialista ou mesmo por um odontopediatra, que devem ter o discernimento para encaminhar ao especialista se o caso for mais difí­cil.

A prõtese dentá¡ria (ou prótese dental) é a arte dental, ciência que lida com a reposição de tecidos bucais e dentes perdidos, visando restaurar e manter a forma, funçao, aparência e saúde bucal. Aplicados à  odontologia, são utilizados indistintamente os termos prostodontia e prótese dentá¡ria. O termo “prótese dentária” também é utilizada para se referir ao artefato que se propõe a substituir a função original dos dentes perdidos ou ausentes.

O seu principal objectivo é a reabilitação bucal, em todas as suas funções: estética, fonética e mastigação. Repõe ou restaura de forma indireta os dentes, por meio de confecçao de próteses fixas (coroas em metal, porcelana e pontes) ou próteses removíveis como prótese total (a popular dentadura) ou prótese parcial removí­vel (ponte móvel). Recentemente encontramos próteses modernas produzidas sobre implantes como overdentures, próteses fixas livres de metal e próteses protocolo.

Cirurgia buco maxilo é uma especialidade odontológica que trata cirurgicamente as doenças da cavidade bucal, face e pescoço, tais como: traumatismos e deformidades faciais (congênitos ou adquiridos), traumas e deformidades dos maxilares e da mandí­bula, envolvendo a região compreendida entre o osso hioide e o supercí­lio de baixo para cima, e do tragus a pirâmide nasal, de trás para diante.

Dentre as doenças existem os tumores benignos e malignos, os cistos dos maxilares, as provocadas por fungos e manifestações associadas a doenças sistêmicas como AIDS, tuberculose, sí­filis entre outras. As deformidades faciais são compreendidas desde as sequelas de doenças como o câncer, os traumas severos, ou distúrbios do desenvolvimento, como as síndromes ou alterações do desenvolvimento como o prognatismo (aumento dos maxilares), micrognatismo (diminuição dos maxilares) ou a combinação delas.

Compartilhar: